1. O fole roncou Estakazero 3:10
  2. No meu pé de serra - Ft. Adelmário Coelho Estakazero 3:08
  3. Retrato de um forró - Ft. Trio Nordestino Estakazero 2:39
  4. Sanfoneiro macho Estakazero 2:42
  5. Riacho do navio - Ft. Flávio José Estakazero 2:39
  6. Tá bom demais - Ft. Targino Gondim Estakazero 3:00
  7. Respeita Januário - Ft. Zelito Miranda Estakazero 2:13
  8. Xamêgo - Geraldo Azevedo Estakazero 2:33
  9. Cintura fina - Ft. Renato Fechine Estakazero 3:02
  10. Aproveita gente Estakazero 1:50
  11. Quero chá Estakazero 2:06
  12. Fogo sem fuzil Estakazero 2:12

Letras

Xamego - Ft. Geraldo Azevedo

O xamêgo dá prazer
O xamêgo faz sofrer
O xamêgo às vezes dói
Às vezes não
O xamêgo às vezes rói
O coração
Todo mundo quer saber
O que é o xamêgo
Niguém sabe se ele é branco
Se é mulato ou negro (2x)
Quem não sabe o que é xamêgo
Pede pra vovó
Que já tem setenta anos
E ainda quer xodó
E reclama noite e dia
Por viver tão só
E reclama noite e dia
Por viver tão só (2x)
Ai que xodó, que xamêgo
Que chorinho bom
Toca mais um bocadinho
Sem sair do tom
Meu comprade chegadinho
Ai que xamêgo bom
Ai que xamêgo bom
Ai que xamêgo bom

No meu pé de Serra

Lá no meu pé de serra
Deixei ficar meu coração
Ai, que saudades tenho
Eu vou voltar pro meu sertão
No meu roçado trabalhava todo dia
Mas no meu rancho tinha tudo o que queria
Lá se dançava quase toda quinta-feira
Sanfona não faltava e tome xóte a noite inteira
O xóte é bom
De se dançar
A gente gruda na cabôcla sem soltar
Um passo lá
Um outro cá
Enquanto o fole tá tocando,
tá gemendo, tá chorando,

O Fole roncou

O fole roncou no alto da serra
Cabroeira da minha terra
Subiu a ladeira e foi brincar

O Zé Buraco, Pé-de-Foice, Chico Manco
Cabra Macho, Bode Branco
Todo mundo foi brincar
Maria Doida, Margarida Flores Bela
Muito triste na janela, não dançou,
Não quis entrar

Naquela noite me grudei com Juventina
E o suspiro da menina era de arrepiar
Baião bonito tão gostoso e alcoviteiro
Que apagou o candeeiro pro forró se animar

Naquela noite eu fugi com Juventina
Quem mandou a concertina
meu juízo revirar
Eu sei que morro de bala de carabina
Mas o amor da Juventina me
dá forças pra brigar

Riacho do navio

Riacho do Navio
Corre pro Pajeú
O rio Pajeú vai desaguar
No São Francisco
O rio São Francisco
Vai bater no mei’ do mar
O rio São Francisco
Vai bater no mei’ do mar
Se eu fosse um peixe
Ao contrário do rio
Nadava contra as águas
E nesse desafio
Saía lá do mar pro
Riacho do Navio
Eu ia direitinho pro
Riacho do Navio
Pra ver o meu brejinho
Fazer umas caçada
Ver as “pegá” de boi
Andar nas vaquejada
Dormir ao som do chocalho
E acordar com a passarada
Sem rádio e nem notícia
Das terra civilizada
Sem rádio e nem notícia

História

É um rasgo de Lua no céu, um solfejo de sanfona e vixe: – Tá de olho nas moça seu Luiz? Ê Gonzaga, o inventor do Baião! Ê Gonzagão, referência eterna que está sempre ali pra conduzir e inspirar todo artista do forró. Quando o sinhô canta, seu Luiz, é o mesmo que ouvir o sertão cantar. É a trilha musical do mandacaru, do carro de boi, da xita e da fogueira de São João. Ê saudade seu Luiz! A gente tenta de todo jeito matar essa saudade, mas parece que o único jeito é fazer sua canção continuar. Já são 20 anos que Luiz Gonzaga partiu. E pra fazer o maior forrozeiro de todos os tempos estar ainda mais presente Léo Macedo e sua Estakazero reavivam o inventor do Baião e nos dão de bandeja este presente; o CD Viva Luiz! São músicas do repertório de Gonzaga selecionadas especialmente para curtir o que de melhor e inigualável existe no forró do nordeste que toca xotes, xaxados, baiões e arrasta-pés. É pra dançar e ouvir. É pra comemorar a vida e a lida daquele que nos deixou a presença eterna do verdadeiro espírito criativo, artístico e musical do sertão. Viva Luiz!

iTunes Amazon Google Play Buy

Viva Luiz!

Band : , , , , , ,
Title : Viva Luiz!
Release Date : 04/05/2009
Label :
Catalog ref. : LK09001
Format : CD

Quinto álbum da carreira da banda Estakazero não poderia ser melhor “uma homenagem ao rei do baião Luiz Gonzaga”